Está terminada a recuperação ambiental do “Miradouro de Picões” de Peredo de Bemposta, no âmbito do projeto Frontera Natural


• O Frontera Natural está a recuperar mais de 100 espaços rurais que apresentam degradação ambiental
Trabanca (Salamanca), 02/04/2014. Estão completas as obras de acondicionamento del “Miradouro de Picões”, levadas a cabo pelo AECT Duero-Douro, no quadro do projeto Frontera Natural.
A atuação incluiu a instalação de uma grade metálica que permitiu que se pudesse contemplar a paisagem em segurança e na execução de uma passadeira de blocos de granito que beneficiou o espaço envolvente. Foram ainda colocadas placas de sinalização com informação sobre o espaço.
Esta atuação é muito importante para a localidade de Peredo de Bemposta, uma vez que este é um local com grande afluência de visitantes, que vêm apreciar as vistas sobre o Parque Natural do Douro Internacional e a grande quantidade de aves protegidas. Estas visitas podem agora ser feitas em melhores condições, pois o miradouro representava algum perigo, por se encontrar a uma altura muito grande e sem qualquer perímetro de segurança.
O Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Duero-Douro está a realizar mais de 100 obras de recuperação integral e sustentável de espaços degradados em 100 aldeias da fronteira hispano-lusa, dentro do seu território. Até esta data, foram recuperados mais de 50 espaços naturais no território fronteiriço deste Agrupamento. O projeto de Recuperação Integral e Sustentável das áreas naturais da fronteira, Frontera Natural, conta com um orçamento global de 800.000 euros, dos quais, 600.000 são cofinanciados pela UE e FEDER, através do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) 2007-2013.


Añadido en 2014-04-02